Aguarde! Carregando...
Aguarde! Carregando...
X

O Tabuleiro

  • R$ Dólar Comercial R$ Dólar PTAX800
  • 20-04-2018 | 09:57h

A mentira e o relacionamento amoroso

A mentira e o relacionamento amoroso

  • 02
  • ★★★★★

Se existe algo que devasta por completo um relacionamento é a perda da confiança no outro. A pessoa pega na mentira, acaba com todas as chances que fazia o amor dar certo. E, consequentemente, o relacionamento nunca mais voltará a ser o que era. Nos nossos dias, as traições aumentaram de forma assustadora, a facilidade para trair um parceiro é muito grande, por esse motivo, as pessoas estão cada dia mais desconfiada de seus pares e vivem um relacionamento baseados em dúvidas e suspeitas, e isso vem acarretando muitas brigas e discussões entre os casais. Está quase corriqueiro encontrarmos alguém sofrendo por ter sido traído. E nesse caso, quando o parceiro (a) é pego na mentira o relacionamento tende a acabar, pois a confiança que um dia existiu, já não faz mais sentido. O que mente, passa a conviver com o medo de ser descoberto e isso trás conflitos interiores que terminam por tirar o sono e causar irritações. Por mais que se queria acreditar que uma pequena mentira não fará nenhum mal, deve-se lembrar que "a mentira tem pernas curtas" e as coisas mal feitas, nem pernas possuem.

Nunca imagine que existe uma mentira boa, positiva, todas são negativas e possuem o poder de acabar com qualquer tipo de relacionamento, não só os amorosos. A base mais solida de qualquer relação entre as pessoas, continua sendo a confiança. Se existe algo nefasto ao nosso viver, é descobrir que foi enganado. Devemos sempre optar pela verdade, mesmo que seja dolorosa. Ao assumirmos os nossos erros, podemos ter a chance de consertar o que estava se quebrando. Fale antes que outra pessoa seja portadora da, funesta, noticia. Fica mais fácil perdoar uma fraqueza momentânea do que uma mentira ou se for descoberto através de terceiros. Não conheço ninguém que tenha gostado de ser enganado ou viver enganado. Todo relacionamento deixa de ser saudável, no momento em que a mentira se insere na relação. Existem pessoas que por medo de serem descobertos, persistem na mentira e com isso passam a acreditar nela, é como se assim pudesse controlar os acontecimentos. E quando é descoberto, continua mentindo e, com isso, pioram a situação.

Mentir para o parceiro (a) poderá acarretar danos irreversíveis, pois todo amor deve se basear na confiança, sem ela não existe relacionamento tranqüilo e nem um amor maduro. Ao perder a confiança, a pessoa perde o seu equilíbrio emocional, a traição provoca dores físicas e mentais, acaba os gestos espontâneos de amor, as brigas terminam sendo o estopim para a separação, pois mesmo que fiquem juntos, o mentiroso nunca será perdoado e o que foi enganando começa a desconfiar e questiona cada passo dado pelo que traiu. A parte traída começa a questionar todo o relacionamento e a achar que tudo não passou de uma grande enganação. A mentira causa no outro e em alguns casos até mesmo no mentiroso, decepção, sentimento de fracasso, desconfiança, ressentimento, desrespeito etc. O amor não consegue resistir a quebra de confiança e mesmo que o sexo seja maravilhoso, começa a ser questionado como possível encenação para continuarem juntos. O amor não sobrevive com mentiras.

Deixe seu comentário para A mentira e o relacionamento amoroso

Já temos 2 Comentário(s)! Deixe o Seu :)

Resposta de Roberto Carlos Alves

Se viver com a tradição e a mentira é ruim, o outro lado da moeda é muito bom. A fidelidade nos relacionamentos é o que há de melhor. Ser verdadeiro em tudo que se faz nos eleva, nos aproxima de Deus. Parabéns Tia Nem.

★★★★★ Em 06-02-2018 às 08-00h Responder 5

Resposta de Adriana Neves

Concordo difícil essa situação só quem passa por isso sabe da grande dor. Não é fácil passar por uma decepção . Só Deus para fazer o milagre de esquecer está dor. Parabéns pelo texto.

★★★★★ Em 05-02-2018 às 23-37h Responder 5
Avalie Este Conteúdo: 1 2 3 4 5
[Aguarde, Buscando Dados!]

Colunas de Maria Reis Gonçalves (Tia Nem)

Maria Reis Gonçalves (Tia Nem)
Maria Reis Gonçalves (Tia Nem)

Psicóloga formada na Faculdade Salesiana de Vitória.

A fofoca provoca a desunião!

Política

A Fofoca e a desunião estão intimamente ligadas e, terminam [+]